O Rock Acabou

quarta-feira, dezembro 19



Esses dias estava pensando ...

Como consegui deixar cair no barril do esquecimentos de não mais masoquisar-me com algo tão real, longinguo e abstrato? Em poucas palavras, como não mais me martilizo por uma pessoa que não estar mais comigo? As vezes acho que foi por que realmente, o conto todo não foi amor. Algo que pensamos naqueles momentos em que achamos que conseguimos viver a sós. Que somos donos do nosso próprio baú da felicidade.

Mas logo algo nos lembra de que existe ainda algo naquele meio tão obscuro e insensato que são os nossos verdadeiros sentimentos. Seja por uma música, uma foto, ou uma repentina doce lembrança, tudo mostra que aquilo não foi só um devaneio-sem-graça. Mostra uma coisinha que cada vez se sente menos, pois justamente, não é procurado sentir. Sabe, a coisa carnal não deixa. Essa mesma que sentimos quando estamos com fome, com sede.

Bem, mas essa de falar coisas de amores é chato, ainda mais pra quem lê. O resumo do post vem naquele instante em que digo:
Deletei as fotos que restavam da mais delicada e exagerada lembrança. Bem, aquilo era um poço de nostalgia, nossa!

Arrepender-se de algo? jamais.
Nem do que não fiz. Talvez se não fosse desse jeito, se as coisas não tivessem andado por esse lado, não teriam sido tão sinceras e verdadeiras assim. Como ela jamais vai encontrar em outrem. Afinal, quem hoje em dia quer expor seu lado mais bruto e frágil a alguém? O mundo é hostil.

Hoje me sinto livre. Já consigo gostar, ficar com prazer, dizer coisas que quero, fazer coisas que quero. Algo que se fosse algum tempo atrás poderia até fazer, mas não com tanta vontade e desejo assim.

Mesmo assim,
aquela coisinha ainda fica. Essa mesma que se manifesta como inspiração pra um texto, para uma música, uma nova experiência, uma vontade de viver. E saber que nem tudo é para sempre. Então, eternizemos os grandes momentos.

Hehe, chega ser irrisório um guri dizer isso, mas pior é ser um canibal tosco que nunca sentiu o bom do amor.

"Eu corro contra a luz
Eu fujo sem entender
Vencer para que?
Ser e esquecer"

Moptop - O Rock Acabou

8 Tragadas:

Filipe disse...

fala amigo muito legal seu blog

Vinícius R² disse...

Ah, sim, aquela coisinha fica. Quer dizer que deletou mas ainda não esvaziou a lixeira! Rs.

Eu aconselharia a esvaziar e partir pra outra. Nostalgia pode parecer bom, mas em excesso não vale a pena nem faz bem.

Hiteri disse...

^^

Gostei do humor.

Eu... e os Cogumelos também disse...

hum... texto forte.
sei como é. Hoje eu sonhei com meu ex. Ele tinha sofrido um acidente e algo assim, e eu acordei preocupada. Aí eu levantei e lembrei que não o amava mais. Foi muito estranho simplesmente acordar e falar: "ah, não o amo."
Bem, talvez isso ocorra com você, só precisa lembrar... ou não.
xD

hum, quanto a aula sobre o punk, eu sabia do que você falou, embora meu negócio esteja mais voltado pro metal. E sou pobre, moço, não posso pagar a aula...
;)

Ceilandia Sul? Que feliz..
ashusahsauhsauashaushashaa

beijoo

Eu... e os Cogumelos também disse...

hum... texto forte.
sei como é. Hoje eu sonhei com meu ex. Ele tinha sofrido um acidente e algo assim, e eu acordei preocupada. Aí eu levantei e lembrei que não o amava mais. Foi muito estranho simplesmente acordar e falar: "ah, não o amo."
Bem, talvez isso ocorra com você, só precisa lembrar... ou não.
xD

hum, quanto a aula sobre o punk, eu sabia do que você falou, embora meu negócio esteja mais voltado pro metal. E sou pobre, moço, não posso pagar a aula...
;)

Ceilandia Sul? Que feliz..
ashusahsauhsauashaushashaa

beijoo

alanzinho disse...

odeio Rock nao gosto dese texto mas o blog e legal

Eu... e os Cogumelos também disse...

ahsuahsauhsauhsuahsuahsauhsuahhaa
não dou meu msn para estranhos!
Mentira!
Eu não posso entrar nem no orkut nem no msn, então eu criei um blog para falar o que eu penso e conversar com a pessoas.

xD

Mas voar seria legal

;)

Gabrielle disse...

É, o fato de apagar as fotos faz com que a falta de certa pessoa diminua. Mas tem coisa são chatas para se esquecer, como os momentos bons, as alegrias, os beijos. É complicado, mas com o tempo a gente consegue.
E viver de passado não funciona. Isso todo mundo sabe.
Beijão :D